Home » , » Sais Gourmet - Os sais que fazem a diferença!

Sais Gourmet - Os sais que fazem a diferença!

Escrito por Maurício Rodrigues em 15 de jan de 2015 | 08:33



Você deve estar pensando "esse Maurício é doido, sal é sal!", mas não sou não, hoje o universo gourmet está cada vez mais inovador, utilizando ingredientes nunca utilizados antes, uma verdadeira ousadia culinária, mas que nos proporciona conhecer misturas e sabores nunca sentidos antes.
Nesse meio um dos ingredientes que estão fazendo a cabeça de todos pelo mundo é o sal, sim o sal, mas não qualquer sal, os sais gourmet!

Os sais gourmet são sais diferentes, com muitas nuances de sabor, vindos e criados de formas variadas e com finalidades adequadas também diferentes uns dos outros. Graças a globalização culinária encontramos a maioria deles aqui no Brasil também.

Como disse existe uma infinidade de sais gourmet hoje, e todo dia surge um novo, vou falar de alguns para vocês hoje e com o tempo falo e dou dicas de mais tipos e como utilizar.

O que diferencia um sal gourmet do outro é basicamente o lugar de onde veio, a cor e forma que foi feito se for o caso, pois alguns já são extraídos e logo empacotados e depois chegam nas nossas mesas.

Flor de sal: A flor de sal é um sal que surgiu em Guérande, na França, e leva este nome porque é muito delicado, ele é retirado do mar, se forma em camadas muito finas sobre as água do mar e condições bem específicas de clima e vento, e como é bem suave e naturalmente iodado é considerado um dos sais mais saudáveis de todos.
A indicação da utilização desse sal é na finalização de prato, não é muito indicado aquecê-lo
Hoje ele já é extraído no Brasil, no norte e nordeste do país, e com uma qualidade bem semelhante ao famoso flor de sal de Guérande.

Sal de Maldon: O sal de Maldon, é basicamente uma flor de sal também, mas ele se dá em condições climáticas muito mais específicas, em um trecho de mar na Inglaterra, e o mais fascinante é que ele se forma após o sal secar sobre pedras no litoral e em formato piramidal, incrível!
Ele é muito suave também, e dá uma sensação de leve explosão na boca.
É indicado e muito usado para finalização de pratos, pois derrete muito fácil e também em preparos de sopas e caldos, além de carnes grelhadas.

Sal Rosa do Himalaia: Esse é um dos queridinhos de todos os cozinheiros de casa rs... eu mesmo sou fã. Além da cor linda esse sal é bem suave e realça sabores dos alimentos de uma forma bem peculiar.
É um sal dos mais puros, de origem mineral, extraído de rochas nas montanhas do Himalaia, milenares, dizem que o local era um grande mar a mais de 300 milhões de anos atrás. Tem essa cor justamente pelos minerais que se acumularam no solo.
Recomendado para todos os tipos de preparos.

Sal Negro Havaiano: Ele tem essa linda cor negra devido as cinzas de vulcões e erupções no Havaí.
Ele é rico em carvão, tem um sabor mais defumado e é muito usado em frutos do mar, finalização de pratos e até mesmo como decoração de pratos.
Cuidado ao manusear pois ele solta essa coloração negra nas mãos, nos tecido e claro nos alimentos.
Já vi chefes usando este sal até mesmo sobre a manteiga que é servida de entrada com pãezinhos em restaurantes, é muito bom!

Sal Vermelho Havaiano: Esse é assim avermelhado devido aos depósitos de argila purificada na região onde é extraído, tem um sabor mais adocicado e terroso, mas vai muito bem com carnes vermelhas e até mesmo churrasco.
Alguns chefes usam também em sobremesas, apenas como decoração.
Esse sal tem a mesma quantidade de sódio do nosso sal comum, então não é bom exagerar!


Sal Azul da Pérsia: Extraído de minas em uma província do Irã, a antiga Pérsia, tem essa linda cor devido aos minerais do solo. Com sabor picante e suave é indicado também para qualquer tipo de preparação e decoração de pratos.

Além de todos estes sais que comentei, ainda existem muitos, mais muitos mesmo, de todos os tipos de lugares do mundo, com cores, aromas e sabores muito diferentes, extraídos de mares, rios, montanhas, e ainda tem os sais gourmet criados, que são desenvolvidos misturando os sais mais conhecidos com ingredientes dos mais variados, como sal defumado, som sabor e aromas defumado, muito saboroso, sal de vinho, sal de alho, sal com cogumelos do mais variados, do mais simples até os mais raros e caros, com trufas, com ervas, bacon... enfim, é um mundo novo de sabores que já está revolucionando o mundo gourmet e que eu aconselho muito vocês conhecerem e descobrirem!























(fotos reprodução)
SHARE

Sobre Maurício Rodrigues

Blogueiro dos blogs Fritadeira Sem Óleo, Receitas na Pressão, Máquina de Pão e Sou Gourmet. Apaixonado por eletrodomésticos, produtos, temperos, filmes, e claro comer, beber e viver no maravilhoso mundo da culinária.

14 comentários :

  1. Olá Maurício!
    Adorei o novo blog e o que ele se propõe.
    Quanto ao assunto específico desta postagem que aliás adorei pois sou uma apreciadora de produtos gourmets e o sal é um dos preferidos. Em casa tenho o Maldon, a Flor de Sal comum e uma versão com ervas finas, o defumado, o Himalaia e uma versão de flor de sal de Guérande com caldo de vegetaís. Uso todos em diferentes preparações, mas os que eu definitivamente não fico mais sem são a Flor de Sal e o Himalaia. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, vamos falar sobre muito mais ainda ;) Abraços!

      Excluir
  2. Parabéns pelo novo Blog Mauricio... nossa... novidade pra mim... kkkk .... nunca imaginei q existisse tantos tipos de sais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! Isso é só uma palinha, existem muitos mais rs. Abraços!

      Excluir
  3. Eita! Não imaginava que haviam tantos tipos de sais culinários assim :O

    ResponderExcluir
  4. Cassia Regina Damiani15 de janeiro de 2015 14:43

    Mauricio o sal rosa pode ser usado em qualquer prato. Usa-se a mesma quantidade? Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, em qualquer prato, pode usar na mesma quantidade do sal normal, mas vc notará que ele é mais leve, mais suave!

      Excluir
  5. Nossa reconheço que há algum tempo estava querendo mudar meus hábitos alimentares e optar por produtos com mias sabor e qualidade. Recentemente descobri uma doença crônica que pode me causar mais dores inflamatórias de acordo com o que me alimento e passei a manusear mais meus alimentos. Sempre comi alimentos caseiros mas usava bte embutidos pois meu marido ama! Descobri seus blogs por acaso e estou fascinada com as novas descobertas. Obrigada por compartilhar seus conhecimentos! Abraços e sucesso nessa nova fase!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, seu relato me deixa muito feliz, abraços!

      Excluir
  6. Mauricio bom dia!
    Me indique o sal que contem menos sodio! Estou na luta pra emagrecer um pouquinho... kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O sal Rosa do Himalaia é um dos que menos tem sódio e mais em conta para o uso no dia-a-dia, além de ser rico em minerais.

      Excluir
  7. Mauricio, vc saberia me indicar importador/revendedor desses sais? Obrigada

    ResponderExcluir